MONITORAMENTO DO GASTO PÚBLICO

A área de Monitoramento do Gasto Público é um dos pilares fundamentais do OSB Brusque e é uma prática desenvolvida desde sua fundação, em 2011.

As mudanças metodológicas que vêm sendo adotadas desde o final e 2018 deram origem a uma abordagem mais estratégica, orientada para um sistema de proposições, as quais podem ser replicadas em editais futuros. Estas proposições são retiradas de editais que se mostram eficientes, por meio de um processo de pesquisa e análise de cláusulas que beneficiem o contratante, ou seja, as prefeituras municipais. As pesquisas são realizadas em editais de todo o Brasil com o intuito de selecionar boas práticas.

A metodologia envolve 3 (três) linhas de ação: pesquisa e sugestões (banco de boas práticas e adequação à realidade de cada município), acompanhamento de editais (em meio virtual e/ou presencial) e solicitações de suporte técnico (atendimento a demandas externas – prefeituras, empresas, população em geral e outros Observatórios Sociais).

O trabalho de monitoramento envolve: